La bamba

20maio09

887ce17fee50e8cc58d7febe5e82da1eTodo mundo olhando lá de cima, você me abraçou e eu fiz pouco caso. Não foi por querer me desvencilhar, mas justamente por não querer que o abraço acabasse. Você falou um monte de coisas bonitinhas, riu e saiu falando ao telefone. Eu fiquei parada por um tempo olhando a sua bunda carnuda se afastar, e fui consumida pela raiva. Por que você tinha que ir e me deixar pra enfrentar o resto da noite sozinha? Na verdade, a raiva era por não ser eu a te deixar ali, sentindo a minha falta. A raiva era porque, talvez, se eu fosse, você não iria senti-la.

Anúncios


No Responses Yet to “La bamba”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: